Miopia – Causas e tratamento

Miopia – Causas e tratamento

A miopia acontece quando uma pessoa tem dificuldade em observar objetos de longa distância, ou seja, existe um erro no globo ocular que vai dificultar o modo como os objetos são conduzidos para o cérebro. Este globo ocular apresenta-se com maior volume e, por conseguinte, vai prejudicar no foco das imagens.

Quanto maior for o grau de miopia pior será a visão para ver ao longe e os objetos ficarão mais desfocados à medida que o grau aumenta. Esta doença ocular pode-se desenvolver tanto progressivamente como de forma rápida. A miopia tem como fator de risco antecedentes familiares e, como resultado disso, tem tendência a desenvolver-se logo desde a infância.

Apenas em casos onde a miopia está num nível muito avançado pode haver degradação da visão a curtas distâncias.

Sintomas de um Míope

O sintoma mais evidente da miopia é a dificuldade em reconhecer imagens ou objetos a longas distâncias. Nos mais jovens a miopia pode não ser logo detetada e em muitos casos ela apenas se manifesta num dos olhos.

Nas crianças é necessário haver maior atenção por parte dos adultos, uma vez que é mais difícil a sua perceção. Aconselha-se que a partir dos três anos as crianças consultem um oftalmologista para detetar algum erro de visão. Alguns dos sintomas que poderão estar ligados à miopia são:

  • Dores de cabeça;
  • Cansaço;
  • Baixo rendimento escolar;
  • Grande aproximação de aparelhos eletrónicos.

No caso dos adultos, os sintomas são mais percetíveis. Por exemplo, a dificuldade em ver a longas distâncias pode ser manifestada na condução, no cansaço dos olhos, dores de cabeça ou até no semicerrar os olhos para focar melhor os objetos mais afastados.

Causas da Miopia

As principais causas da miopia podem ser:

As verdadeiras causas que podem provocar miopia ainda não foram encontradas. Contudo, o histórico familiar é umas das principais causas que se conhecem até hoje, caso haja familiares que lhes tenha sido diagnosticado miopia a probabilidade desse gene se vir a desenvolver na família é maior. A miopia pode também advir de um traumatismo ou uma cirurgia ocular.

  1. Miopia de índice – esta acontece em idade mais avançada, quando surge o aparecimento de cataratas;
  2. Alteração da curvatura da córnea – é a mais frequente, a córnea apresenta-se bastante curva e remete ao aparecimento da imagem dos objetos ainda antes de chegar à retina;
  3. Axial – acontece quando o comprimento do olho é maior que o comprimento ótico. Estas são miopias de grau elevado e tem tendência a evoluir com a idade.

Tratamento para a miopia

O tratamento da miopia vem ajudar o dia-a-dia das pessoas e, acima de tudo o seu bem-estar, existem duas formas de tratamento:

Lentes corretivas

As lentes corretivas têm como objetivo mover o ponto focal para trás, fazendo com que exista uma correção do olho. Estas lentes vão fazer com que a curvatura da córnea não seja tão acentuada.

Existem dois tipos de lentes corretivas que poderão ser usadas:

Cirurgia refrativa

Este tipo de tratamento é destinado para míopes maiores de 18 anos e que apresentem uma estabilidade no seu grau de miopia, no mínimo há 12 meses. No entanto, é necessário que o médico perceba se a cirurgia é uma boa via e é preciso que o mesmo a aprove.

Esta cirurgia pode ser realizada de várias maneiras:

  • LASIK;
  • LASEK;
  • PRK;
  • Implante de lente intraocular.

Venha à sua ótica de eleição, Opticlasse, e informe-se mais sobre o tema. Aqui encontra profissionais disponíveis para esclarecer todas as suas dúvidas.

%d bloggers like this: